Qual o melhor tamanho de post para cada plataforma de mídia social?

0

Qual o melhor tamanho de texto para cada mídia social?

Enquanto me atualizava dos posts dos amigos no Instagram no final de semana, observava algumas legendas infinitas e percebi que algumas continham umas 10 linhas (e não estou contando nas 10 linhas as benditas hashtags). Pensei na hora “caramba, o povo está pirando e transferindo ao Instagram funções textuais que seriam mais adequadas a um blogs ou site”.

Em parte, dá para entender: o Instagram não oferece a ferramenta de hiperlink direto para uma url e, ao mesmo tempo, ele é o app do momento no quesito ‘social’. Portanto, as marcas não querem perder a bocada – já que a audiência está ali – e usam o IG para fidelizar o quanto podem seus seguidores.

Criar boas chamadas é tão importante quanto criar bons conteúdos

socialmediatree

No momento que eu li o tal post que gerou esse artigo aqui, lembrei dos primeiros eventos nacionais sobre redes e mídias sociais dos quais participei. Os palestrantes levaram ao desgaste o uso de palavras como relevância, conteúdo e linguagem. E aí, me pergunto: hoje, já podemos postar uma foto com legenda no Instagram e selecionar, se quisermos, o compartilhamento nas outras redes como Facebook, Twitter, Tumblr etc. e fazemos isso, já que o lance é economizar tempo, certo?

Certo, mas isso é o melhor para nós? Talvez não.

Se por um lado publicar no IG é prático e gera o spread (ato de espalhar/ divulgar) automaticamente, de outro, pode acarretar o efeito contrário ao que desejamos. O efeito que vem depois do spread, o buzz do que postamos… É o que precisamos observar. Afinal, não queremos que nosso conteúdo seja apenas divulgado, porque de nada vale a divulgação em 10 redes se ele não tiver likes (e alguns não nos satisfazem, queremos centenas deles!), comentários e, na melhor das possibilidades, compartilhamento (vai que a gente está criando um viral, não?). E a maioria esquece um detalhezinho básico: ao dar o spread no post em 1 canal para outros tantos, estamos formatando uma linguagem única para ferramentas diferentes entre elas. Isto empobrece o resultado que queremos, ainda que facilite o ‘tempo’ na tal da publicação.

Por exemplo: escrever diretamente na plataforma do Twitter pede uma frase mais direta, mais objetiva e que prenda instantaneamente seu leitor. A timelime do Twitter é frenética e, ao contrário da plataforma do Facebook, o Twitter não filtra o que você lê, ou seja: você tem atualizações fulltime, tudo de todos. No Facebook, Instagram entre outros, você tem espaço para dissertar sobre a vida, escrever o que quiser, até cansar. Se isso é bom ou ruim a gente vê já já, nos próximos parágrafos. 😉

Então, a pergunta que não quer calar é: como entender e gerar os conteúdos mais adequados a cada plataforma? Como saber se o que escrevemos em termos de tamanho de texto está bom para Twitter, Face, Insta, Tumblr etc?

Kevan Lee, do blog Buffer fez uma pesquisa muito boa com alguns canais de estatística e estudos de mídias digitais. No blog Buffer, o texto original está em inglês, mas selecionei os pontos principais para você referentes a tamanho ideal de posts, por rede social.

Dá uma lida nesse apanhado das principais estatísticas que comprovam meu raciocínio e nos dão uma forcinha pra deixar a preguiça de lado e cuidar do conteúdo de cada rede, conforme o perfil dela.

Tamanho de tweet

Sim, são permitidos 140, mas, se forem 100 caracteres é bem melhor….

Segundo a pesquisa que o Kevan fez e que tem como referência a Buddy Media, o tamanho ideal de tweet deve ser o de 100 caracteres. No geral, as
mensagens são limitadas aos 140, mas os estudos apontaram que tweets mais curtos de 100 caracteres obtém taxa de engajamento 17% maior.

tamanho-tweet

Melhor tamanho de posts no Facebok

No Facebook, embora não pareça, é assim: less is more. Ever. 

Embora você possa escrever e liberar todo seu potencial criativo, pesquisas apontam que os posts com 40 caracteres têm a melhor taxa de engajamento do
que os outros.

Blogs: leitura de 7 minutos, 1.600 palavras

Post bom é o que é lido e Kevan pesquisou que 7 minutos de leitura representam o tempo ideal e equivalem a cerca de 1.600 palavras.

Parágrafos e fontes

Templates de blogs e sites tentam sempre juntar o útil ao agradável: serem práticas para gerenciar e publicar e atrativas no visual. Com isso, cada um adota estilos de e tamanhos de fonte diferentes e este é o ponto questionável nas análises. O estudo apresentado pelo Buffer indica que devemos dar preferência à linha com 40 a 55 caracteres (8 a 11 palavras por linha), deixando a coluna de conteúdo com 250-350 pixels de largura (isto depende do tamanho da fonte e escolha). Já nos e-mails, a largura ideal de uma linha varia de 28 a 39 caracteres.

Dicas para fazer boas apresentações

O artigo do Kevan citou o TED como exemplo para este caso. Ele diz que os organizadores do TED descobriram que 18 minutos é a duração ideal de uma apresentação porque é o intervalo de tempo que a maioria das pessoas consegue prestar atenção antes de desconectar o assunto. O cérebro processa as informações e isso consome energia que, por sua vez, leva à fadiga.

A tag

Sabe quando a gente abre o Google no modo pesquisa, digita o termo que procuramos e a tela apresenta os resultados? Pois é, a tag é a parte do texto que define a sua página na área de resultados do buscador. Ela deve ter próximo dos 55 caracteres. Nas mudanças de design mais recentes do Google, o comprimento máximo para os títulos é de cerca de 60 caracteres. Já reparou que nem todos os resultados de pesquisa trazem a frase completa? Se o título for superior a 60 caracteres, ele vai ficar incompleto na visualização, com os pontinhos que indicam que a frase não acabou. Se você for muito curioso ou se interessar de verdade pelo começo da frase, até vai clicar para ver o restante do conteúdo mas, pensando no seu negócio, considere a opção de ser mais resumido e objetivo. Vai impactar mais e mais rápido.

google-exemplo-tag

Nome do domínio

Escolha o nome de domínio com, no máximo, 8 caracteres e que seja curto, fácil de ser lembrado, fácil de soletrar e marcante (para que as pessoas lembrem mais facilmente da sua marca). Foi o que fiz com a marca Cris Cardoso – para o site e para a loja virtual.

Dica do Kevan: O Google usa a fonte Arial para os títulos em suas páginas de resultados, uma fonte proporcionalmente espaçada, e isso significa que diferentes letras ocupam largura diferente. Um “i” minúsculo vai ser mais estreito do que uma minúscula “w”.

Para finalizar, a arte que o Kevan preparou com o resumão do que falamos acima:

tamanhos-de-conteudo-digital

Leia mais em:

Blog Buffer

Créditos das imagens: Blog Buffer, Modern Workers (via Google img)15

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here