Mala de viagem – verão: dicas de organização e arrumação

0
Avalie este Post

“Odeio arrumar mala”

“Nunca acerto o que levo na mala”

“levo sempre o triplo do necessário”

Rolou identificação com as frases acima? Então, Amiga, esse post é pra você!

Além da checagem máomenu na previsão do tempo (acho isso meio óbvio de dizer, mas nunca se sabe, né…), nesses 20 anos de idas e vindas de ponte-aérea e algumas bençãos de viagens internacionais a passeio ou trabalho, fui testando aqui e ali alguns jeitos de me virar melhor na hora de organizar e arrumar a minha mala.

Não, não achava tarefa fácil e já errei muito, muito mesmo! E de tanta tentativa, acabei cultivando alguns métodos que, hoje, tornaram-se uma espécie de guide para mim. Sigo à risca e afirmo para você: meus problemas diminuíram demais.

Vamos lá?

como-arrumar-mala-ferias-verao-11-setores-criscardoso-com

  1. PROJETE-SE NO LUGAR DE DESTINO

Para muita gente, é difícil organizar os itens que vão na mala estando no circuito enlouquecedor da cidade em que se vive mas, acredite: imaginar o destino e, principalmente, a programação que você fará lá é um divisor de águas entre ter uma mala de sucesso ou de fiasco.

Analise a agenda, caso haja, pense nos dias e na programação que você fará para ter um primeiro norte do que levar e da quantidade de peças.

2. INICIE A SELEÇÃO DE ITENS QUE NÃO FAZEM PARTE DO SEU DIA A DIA

Temos coisinhas que levamos em viagens e que não fazem parte do dia a dia corriqueiro. Exemplo: HD externo, o tablet, chapéu… Então, dias antes de arrumar a mala para valer, conforme os itens são lembrados, eu já separo um cantinho e vou colocando todos ali.

Dica: Se vc está indo pra viagem internacional, não leve mala cheia. A gente seeempre quer comprar alguma coisinha…

Confira o vídeo deste post, aqui

3. MEU MÉTODO DE SETORIZAÇÃO DA MALA

A véspera da viagem é a hora do vamuvê! Coloco tudo em cima da cama e inicio o meu método de setorização. Tenho uma lista de 11 setores que me salva sempre e é essa que divido com vocês, aqui:

Setor #1: Roupas

Normalmente, viagens para a praia são a lazer (meu caso), então, considero 3 looks: o da manhã, um para a tarde e outro para a noite. Como não me importo de repetir peças (desde que estejam em condições), fica bem mais prático montar as coordenações.

Para cada peça de baixo, elejo 3 peças para cima. Uma delas deixo como salva-vidas caso o tempo dê uma refrescada…

Dica: dou preferência às partes de baixo (saia, short ou calça coloridas e estampadas e evito muitas peças brancas, porque são as que sujam mais facilmente e nem sempre tenho onde lavá-las.

Setor #2:Sapatos

Meninas, não me matem, mas as cariocas entenderão: a gente não aguenta salto em rua tipo a Rua das Pedras. Para nós, isso é além da imaginação… Portanto, nossos sapatos são sapatilhas, flats e, no máximo, uma plataforma para dar uns centímetros a mais. Salto alto só se tiver rolando aquele evento baphônico, na viagem.

Setor #3:Acessórios (bijoux)

Decido logo após as coordenações de looks. Acho bem mais fácil e prático!

Setor #4: Acessórios de corpo: cinto, lenços/ bandanas/ chapéu, boné

Setor #5: Equipamentos: levo chapinha? Secador?

Normalmente, levo. Também levo meu massageador elétrico.

Setor #6:Itens de beleza (higiene, pele e corpo)

Truque dos bons: necessaire de tecido ocupa menos espaço, mas, para cremes e produtos de banheiro, prefiro a de plástico porque, se algum deles abre e vaza, o plástico diminui a catástrofe na mala. Aqui, lembro de incluir protetor solar, bronzeador…

Setor #7:Maquiagem

Quando vou de carro, até coloco na mala. Mas, quando viajo de avião ou ônibus, minhas makes vão ali, coladinha ninmim!

Setor #8:Roupas de ginástica

Setor #9:Roupa de praia

Setor #10:Kit emergência: remédios e coisinhas de costura!!!

Desde que precisei muito de agulha e linha, nunca mais viajo sem! Nem sempre uso, mas sempre levo…

Setor #11:Lingerie

Deixo a lingerie por último pq espero ver o que preciso para depois separar lingerie. Ex: sutiã bustiê, cor etc…

SOBRE A COORDENAÇÃO DOS LOOKS

Muito cuidado com as tentações das peças “compradas para a tal viagem” ou presentes (super normal pq as vezes a gente ganha e leva pra pessoa ver que a gente gostou, aquelas gentilezas da vida…)

Seja prática, Fia! Prática! Na maioria das vezes, a peça vai e volta ornamentando a mala… A gente nem usa.

Optar por menos partes de baixo claras – DICA DE OURO PARA QUEM VAI PARA HOTEL OU ESQUEMA MAIS ROOTS E NÃO TEM COMO LAVAR FÁCIL.

Cada peça de baixo eu coordeno 3 possibilidades diferentes para cima. Uma de alcinha, uma de manguinha e outra para uma situação mais fresquinha

Necessaire e saquinhos: evitam aquela zona e a famosa montanha sobre a mala, e isso é dica Mara para quem vai para casa alheia e ainda divide quarto cazamiga!

Escolha miniaturas para necessaire. Se for lugar com menos infra levo tudo em tamanho normal pra não ter dor de cabeça em chegar ao destino e dar de cara com preços inflados ou falta de produto.

Arrumando a mala:

Peças mais volumosas e com menor probabilidade de uso vão embaixo e abertas.

Peças mais delicadas (como a batinha de chiffon que mostro no vídeo – clique aqui) levo dentro de alguma blusinha de algodão ou dentro de algum saquinho que não tenha velcro.

Sapatos sem salto coloco nas bordas da mala e os com salto, assim como os equipamentos, coloco no meio para amortecer caso a mala seja arremessada!

Agora, vem ver tudo isso aqui no canal! Clique aqui

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here