Postei no Instagram (@sitedacris) uma foto de um look do dia mostrando o decote da minha ciganinha que, em 2018, em prol de melhores vendas – sim, estou sendo irônica- apelidaram de decote ombro-a-ombro com um colar em camadas e comentei no meu perfil @cabide40 sobre a dúvida que temos em relação ao tema colar x decote.

Este tema não é novo por aqui, vira e mexe vocês me pedem opinião sobre a roupa e o colar que pretendem coordenar, né? Até porque Crizoca tem a marca de bijoux e faz colares… Alô Gi e Sil que já me mandaram até mensagem via WhatsApp ‘lembrando’ o pedido! hahaha

A questão é que considero muito importante quebrar alguma regras que já não fazem sentido no mundo atual e não canso de falar para vocês: observem tudo antes de absorver qualquer coisa imposta. Portanto, vamos ao Você Pergunta, com algumas observações. Olhem só:

Tipo de colar para cada decote

Crédito da imagem: Joia Chic

Esta imagem que, a propósito, foi uma das mais lindas e esclarecedoras que achei, mostra o que a regra sugere. Mas sempre avalio as coisas por uma óptica menos impositiva porque a moda atual não vive no 8 ou 80. Temos variações inúmeras que transformam a maioria das regras em ‘depende’ ou ‘pode, também’.

O que você deve levar em conta para seguir essa regra do decote x colar / gargantilha:

  • Pescoço – se fino ou mais grosso, dá diferença e pode interferir na sua sensação de visual
  • Volume de seios – tem meninas que não se sentem confortáveis em chamar a atenção para a parte de cima, por causa do tamanho dos seios, veja como você se sente.
  • Padronagem do tecido da parte superior – estampas florais, geométricas, listras, animal print podem te dar uma sensação de poluição visual dependendo do colar escolhido.
  • Comprimento e largura da parte de cima – interfere absurdamente na forma com que nos vemos no espelho (para achatar ou alongar).
  • Detalhes do decote (olhem o meu, aqui embaixo):

Não siga a maioria se você não se sentir bem. teste, olhe-se no espelho, veja se o sugerido combina com v-o-c-ê.

É claro que um decote como o meu fica com mais harmonia estética se usado com um colar curto, em camadas como fiz e como a imagem sugere. Mas, hoje cedo, o que pesou na minha escolha foi: a coordenação das cores. Na real, pensei 2 vezes por causa das aplicações da blusa.

Vamos imaginar um outro cenário: a blusa aí em cima de decote canoa, com colar longo. Na imagem, ela está em preto e super harmoniosa na proposta. Mas, pense se ela fosse estampada ou listrada horizontalmente. A coisa toda pode mudar de figura, concordam?

Percebem quantas coisas existem na entrelinha de uma regra? É por essas e outras que a gente se sente ‘presa’ e ‘desconfortável’ de vez em quando mas, no medo de arriscar, segue a toada.

Portanto, trouxe uma sugestão às perguntas de vocês mas ressalto que vocês sempre considerem o estilo individual e o gosto e se der para casar tudo isso com a estética ‘mais adequada’, melhor ainda.

Beijão!

 

Tempo – Será que nunca teremos o suficiente?
Resenha: Base fluída da Vult

Comentários

comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.