Pele madura: volume facial e o triângulo da beleza

1

Já abordamos as características, os cuidados, a hidratação e a flacidez na pele madura. Hoje, nosso assunto é volume facial e o chamado triângulo da beleza.

Nosso rosto envelhece desde a hora que a gente dá o primeiro berro ao sair da barriga da mãe. Fato. E sim, com o passar das décadas e todo nosso organismo trabalhando sem parar, ‘gastamos’ substâncias importantíssimas na estrutura, na firmeza e no tônus alterando a gordura natural e os músculos faciais. Altera-se também a geometria do rosto, o chamado triângulo da beleza.

O que é o volume facial

O volume facial é o material de sustentação do nosso rosto. Dentre as características da perda de volume, estão o visual de maçãs ‘caídas’ e olhos com rugas mais aparentes. Algumas pessoas, em especial as que tomam muito sol e sem proteção, chegam a apresentar vincos, rachaduras próximas aos olhos (a rachadura é quebra celular, mesmo) e também o contorno da boca bem enrugado.

O triângulo da beleza

Analisando a imagem abaixo, vemos que na versão jovem, a base do triângulo está nas maçãs do rosto e, com o passar dos anos a perda de volume e a flacidez não cuidadas invertem o triângulo.
 
Pense em um emoji ou um desenho animado: quando está feliz, o rosto dele todo tem efeito ‘lifting’, para cima. Quando ele quer expressar tristeza, pesar ou desânimo, como fica? Todo o rostinho vai pra baixo.
Porque a produção natural de colágeno e ácido hialurônico cai, com o passar dos anos. Além disso, fatores hormonais, hábitos alimentares, excesso de sol também aceleram o envelhecimento e a flacidez da pele.
 
Tratamentos de uso tópico: cosméticos com ativos EFICAZES que estimulam a produção natural de AH e que inibem a degradação dele. Entretanto, já alerto: NÃO CAIAM EM CILADA DE MARCA QUE PROMETE RESULTADO EM 10 DIAS. Todos os dermatos responsáveis que consultei foram unânimes: não existe isso. Os efeitos REAIS de ácido hialurônico são percebidos, em média, SEIS MESES após o inicío e SE feito em uso contínuo.
 
Preenchimentos com acompanhamento dermatológico: ácido hialurônico, ácido polilático (estimula a produção de colágeno na pele), lipoenxertia (devolve o volume a partir do enxerto de gordura do nosso corpo)

Agora, na real

Tudo que está no nosso rosto tem função. Se a gente sai removendo um monte de coisas sem que o médico tenha alertado para a necessidade disso, imagine o que pode acontecer com esse triângulo mais à frente.

Músculos são sustentados e sustentam outros pontos. Gordura está ali porque é necessária ali. É uma cadeia que se sustenta todinha para que a nossa face funcione 100%.

Se você anda reclamando da sua bochecha, por exemplo, meu conselho é aguardar a sua senioridade. Aí, com o passar natural das décadas, seu médico vai orientar você sobre quais procedimentos são mais adequados em relação à sua faixa etária.

Tem muita gente mexendo demais no rosto hoje, sem necessidade. Dá resultado imediato e bonito? Em muitos casos, dá sim! Mas ninguém tem bola de cristal para saber como este rosto estará em 15, 20 anos… Ninguém. Já ouvi barbaridade do tipo “Ah, mas nem eu sei se estarei viva em 20 anos, Crisoca. Quero meu rosto magro e minha boca parecendo que levei picada de abelha, agora!” e riem… Honestamente? Não tenho esse humor. Acho super válido procedimento estético desde que o médico dê a avaliação da necessidade. Só por modismo ou “porque tá todo mundo fazendo”, não curto, não… Cabelo e unha mês que vem tão aí, né? É quase um ‘lavou, tá novo”. Face e corpo são outra coisa…

Leia também:

Pele Madura: flacidez facial

Pele madura: hidratação, cuidados e características

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here