Pele madura: cuidados na preparação de pele

2

Quando a mulherada respondeu a enquete no IG (segue aqui @sitedacris), a maioria das dúvidas era para maquiagem em pele madura. Mas, se você me conhece um tocatim de nada que seja, vai manjar de cara porque NÃO comecei a série de materiais pela maquiagem e sim pela pele, em si, certo?

Um dos grandes erros que pessoas de pele madura cometem (assim como parte dos adolescentes) é o de disfarçar as questões de pele compensando na maquiagem. Isso só piora a qualidade da pele e, infelizmente, retarda ainda mais a cura para o problema em questão.

Por causa das características que já abordamos, escolher os produtos ideais é o primeiro e mais importante passo depois da rotina de cuidados com a pele.

Escolha produtos de fundação de pele destinados à pele madura, como os que realmente possuem benefícios na fórmula, além do creme/líquido/pasta com cor. Tendem a ser um pouco mais caros? Sim, mas dão mais resultado e não deixam a gente na mão…

Para quem está chegando por aqui agora, já temos no criscardoso.com e no feed do IG materiais sobre: características e hidratação da pele madura, flacidez facial e volume facial (o conhecido triângulo da beleza).

Com estes pontos abordados e esclarecidos, vamos para a segunda parte da série – a que vocês queriam tanto! hahahaha

Leia também:

Pele Madura: Características da pele madura
Pele Madura: Flacidez na pele madura
Pele Madura: Volume e Triângulo
Pele Madura: cuidados na maquiagem dos olhos
Pele Madura: cuidados no iluminador e no contorno

Preparação de pele para maquiagem em pele madura

Primer facial

Tenho muito cuidado em sair repetindo cartilha feito papagaio porque simplesmente não acredito nisso. Cada pele aguenta uma determinada quantidade de produtos.

Pense que na pele madura, a rotina de cuidados já conta com fórmulas mais densas. Então, sair carimbando que todo mundo que usar primer, depois base, depois corretivo (isso quando não usa 2 corretivos, sendo 1 de neutralização) me parece uma loucura.

Avalie se sua pele realmente precisa do primer. Se a ocasião pede primer. Se não precisar e não pedir, pule o primer.

Base

Bases com hidratação e mais fluidas tendem a funcionar melhor em peles que já apresentam sinais naturais de ressecamento.

Bases com leves partículas de luminosidade (ou seja: que não tenham como ponto alto a opacidade) também se comportam muito bem em peles maduras. Suavizam as marcas, rebatem a luz e não acumulam tanto nos vincos e nas áreas mais flácidas como acontece com boa parte dos produtos em creme, por exemplo.

Corretivo

Assim como as bases, os corretivos com partículas sutis de luminosidade são excelente escolha.

CORRETIVO MAYBELLINE INSTANT AGE ERASER
Você encontra aqui, na Sephora e, aqui, nas Americanas.com

Se suas olheiras pedem neutralização antes da uniformização, teste aplicar o neutralizador antes da base.

Desta forma, depois da base aplicada (sendo a primeira camada de tom uniformizador), você sentirá se precisa de outro corretivo. A vantagem disso na pele madura é simples: menos 1 camada densa na região + delicada do rosto.

Não sou a amiga que vai dizer para usar pó, mesmo que ele ajude a selar áreas. Tenho testado muitos, e ainda não casei com um que realmente deixe o rosto maduro feliz com o resultado. Lembre-se de testar os de melhor cotação no mercado, para fazer uma boa compra.

PÓ FINALIZADOR PREP + PRIME TRANSPARENT FINISHING (você acha aqui, na Sephora)

Ressalto também que muitas bases com tecnologia mais avançada dispensam o pó, exatamente pela alta taxa de rejeição do produto somado à questão custo x benefício. De qualquer forma, tem material completo sobre pó no criscardoso.com, tanto sobre setting como finishing powder.

O próximo post é sobre olhos, então, fica ligada com a gente aqui e me conta aqui se você está gostando e o que você quer ver nos próximos posts da série?

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here