Fazia tempo que andava insatisfeita com os produtos de cabelo. Nos últimos 3 meses, foram mais de 4 testes de shampoo… Condicionador e máscara, perdi a conta… Meus amados da Loreal estão pela hora da morte e não consegui substitutos à altura.

Sendo bem honesta, não tenho do que reclamar do meu cabelo… É super dócil de lidar, a raiz é lisa, os fios são finos mas, exatamente por serem finos, não pesam e armam da orelha pra baixo. SE eu tivesse a testINHa da Gisele, deixaria minhas ondas californianas “tipo NET” as delas… Mas meu outdoor facial não me permite tamanha façanha e, aí, preciso fazer um tratamento que doma as ondas e deixa meu cabelo mais liso. Não é a progressiva normal (verifico com a Vanja da próxima vez, prometo), porque consigo moldar cachos se quiser e não fico com cabelo boi lambeu, mas perco o excesso das ondas e alivio e equilibro mais a franja.

Há 3 semanas, passei na lojinha ali da Rua Augusta que é, praticamente, uma Disneylandância dos cosméticos. A turma do atendimento é super alto astral e sempre tem produto com preços bons. Vou dizer para vocês que entrei meio naquelas “Surpreendam-me”, sabem? Tamanha desesperança… hahahahahah

Eis que dei de cara com a linha Yabae (Natuphitus Cosmética).

resenha-shampoo-condicionador-yabae

Não conhecia, nunca tinha ouvido falar e olha que já estão no mercado há quase 20 anos.

Para começo de conversa, foi a embalagem e todo o apelo natural que mais me chamaram a atenção. “Do planeta para você”. Curti muito a comunicação visual dos frascos e a ênfase na formulação concentrada em extratos naturais. Olhem as informações que o Institucional deles divulga no site:

“O respeito aos recursos naturais e à fauna faz parte do nosso dia-a-dia. Nossos produtos são testados em laboratórios terceirizados, em seres humanos voluntários. Todos os testes são regulamentados por leis bastante rígidas com o objetivo de proteger e resguardar a saúde dos indivíduos.

Não realizamos nenhum tipo de testes em animais; e as matérias-primas de origem animal utilizadas em alguns produtos são obtidas sem causar nenhum dano aos animais ou à natureza.

Os derivados de lanolina são obtidos pela retirada da lã dos carneiros, em períodos normais de tosa (em períodos quentes) sem deixar os animais desprotegidos do frio.”

resenha-shampoo-condicionador-yabae1

Ganharam meu respeito e meus dinheiros.

PERÍODO DE TESTE

3 semanas (estou entrando na 4ª semana). Como não conhecia os produtos, achei melhor aguardar para falar deles para vocês. Não consegui a dupla (shampoo e condic) do mesmo extrato e acabei levando pra casa o Shampoo de Bambu e o Condicionador de Guaxima.

A Arianne, minha amiga expert em cosméticos de cabelo, me explicou que quando a gente sai de produtos com função de encapar fios – como é o caso do silicone, por exemplo – e parte para um tratamento mais natural, o fio precisa de tempo para se liberar daquela ‘capa’ e começar a absorver os nutrientes dos novos produtos. Isto pode aparentar um desconforto, como se o cabelo estivesse ‘rejeitando’ o produto novo. Mas, dou uma dica: insista. Explico:

O processo nos fios é comparável ao da pele: quando sua pele não é tratada e, de repente, você começa a aplicar vitaminas, o que acontece? Primeiro, ela vai ‘expelir’ todas as impurezas que estavam ali, guardadinhas, mas que estavam detonando e enrugando seu rosto silenciosamente para, em seguida, começar a absorver pra valer tudo de rico que um bom cosmético proporciona.

MINHAS IMPRESSÕES SOBRE O SHAMPOO E O CONDICIONAR YABAE

Textura

IMG_1654

Shampoo – tem aspecto gelatinoso e, este que eu comprei, um perfume que eu gostei muito porque não briga com meus perfumes de pele. Não faz espuma, praticamente, porque não tem sal (na proporção considerada para gerar espuma) e aplico uma porção mais generosa. Uso em 2 lavagens.

Condicionador – é mais líquido do que os outros que eu usava e isso estranhei. Levei algumas lavagens para entender a quantidade certa que meu cabelo precisa. Hoje, estou craque.

Aplicação

Shampoo e Condicionador vieram no mesmo tamanho. As embalagens são grandes (adoro) e o plástico é flexível. Pode parecer bobagem, mas avalio muito essa parte porque não gosto de produto que eu tenho que ficar dando tapa no fundo para descer porque a embalagem é ‘dura’.

Tempo de ação

Shampoo – Não sou o melhor exemplo do planeta nesta parte. Uso 2 vezes o shampoo, naquele movimento de passa em todo o couro cabeludo, massageia e retira. Na segunda aplicação, vou para as pontas e pronto.

Condicionador – Uso 1 vez (separo o cabelo em duas partes, como se fosse fazer tracinha de festa junina) mas não tenho paciência para ficar 5 minutos com o produto agindo nos fios… Deixo 2 minutos e já retiro bem e tem que dar tudo certo!

Resultado

Meus fios estranharam os produtos mais naturais nas primeiras lavagens. Quero dizer que: às vezes, ficavam difíceis de desembaraçar e, às vezes, caso eu não secasse até o final, alguns fios pareciam ressecados.

Três semanas depois, digo a vocês: CASEI com a Yabae.

Preço (faixa de preço individual, base de referência out/ 2016): aprox. 14 reais. os dois, juntos, deram 26 reais e alguns centavos.

Para conhecer mais a marca e os produtos disponíveis, o site deles é este aqui: http://www.yabae.com.br/institucional.php

Upcycle na moda, no vestido de noiva...
Batata Palha: qual a melhor? A batalha pela menos gordurosa

Comentários

comments

1 COMENTÁRIO

  1. Acho super importante esse tipo de resenha. É onde podemos nos basear se devemos comprar ou não tal produto. Em relação a esses da linha Yabae confesso que não conhecia, mas agora é um motivo para usar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here