A adaptação da comédia chega ao Brasil com elenco primoroso.

musical-mudanca-de-habito

Conferi, ontem, a pré-estreia do musical Mudança de Hábito, aqui em São Paulo. Para quem chegou a este post em busca de referência ou crítica sobre o espetáculo, apenas uma palavra: incrível.

São aproximadamente 2:20h de espetáculo, incluindo os 20 minutos de intervalo entre os atos, tempo que a gente nem sente passar.

O movimento entre as cenas foi impecável. Trocas de figurino aconteceram em segundos, duas delas no palco. Da primeira à ultima cena, cenografia, iluminação, elenco e texto absolutamente integrados e perfeitos. Aliás, uma observação em relação ao elenco: senti orgulho de ver tantos talentos reunidos. Atores com letra maiúscula: Karen Hills (Deloris Van Cartier), Cesar Mello (Curtis Jackson) , Adriana Quadros (Madre Superiora), Daniela Cury (Irmã Maria Lázarus), Thiago Machado (Eddie) e cia. interpretam, cantam maravilhosamente ao vivo e dançam. A orquestra impecável foi um show à parte.

adriana-quadros-cesar-mello-elenco-mudanca-de-habito

O MUSICAL MUDANÇA DE HÁBITO, NO BRASIL

A versão brasileira de Mudança de Hábito foi adaptada por Bianca Tadini e Luciano Andrey com direção residente de Fernanda Chamma e direção musical residente de Vânia Pajares. Na trilha sonora, forte inspiração no soul e na disco music (esta presente nas coreografias, também).

Baseada no filme de 1992 (estrelado pela fantástica Whoopi Goldberg), a comédia conta a história de Deloris, aspirante à cantora e namorada do mal-caráter Curtis (Cesar Mello). Após testemunhar um assassinato, Deloris corre risco de morte. Por ideia do policial Eddie “Fede”, se refugia no convento levado a pulso de ferro pela Madre Superiora (Adriana Quadros), único lugar onde ninguém desconfiaria de sua presença. O problema é que quem tem alma de artista não aguenta ficar ofuscado, certo?

Deloris revoluciona o coro pra lá de desafinado do convento, levanta a estima das freiras e da postulante Maria Roberta (excelente Ana Luiza Ferreira) e, assim, a fama do convento que estava prestes a ser despejado do local, ganha a TV. Acaba o anonimato de Deloris e tudo acontece em 2h de musical.

karen-hills-ensaio

Karen Hills em dois tempos: durante os ensaios e a foto de divulgação do espetáculo

sessao-de-fotos-mudanca-de-habto-com-jairo-goldflus A sessão de fotos com Jairo Goldflus
mudanca-de-habito-ch Divulgação do musical da Broadway

Estou curiosa para assistir novamente daqui a algumas semanas. Pre-estreia é a prova dos 9 em que todos testam texto, os pontos de respiro e a plateia chega sem referência prévia das cenas.

O espetáculo tem muitas cenas altas, aptas a arrancar gargalhadas boas. Entretanto, achei que o público aproveitou menos do que o texto realmente proporcionava em alguns momentos, por conta do dinamismo das cenas. Em alguns pontos que claramente eram marcados para tiradas engraçadas, a plateia levou de forma natural e riu muito em outros. Tenho curiosidade de ver se isso muda conforme o amadurecimento das apresentações acontecer e, claro, conforme a reação que o boca-a-boca gerar.

O teatro é vivo e é natural que o espectador que decida assistir a um espetáculo depois de ler alguma crítica, já vá esperando por determinadas cenas. Com certeza, muitas pessoas chegarão abertas para rir com a cena em que o Eddie “Fede” sonha acordado em ser galã da Deloris e dá um show no palco, assim como a cena em que a Madre Superiora solta um “Fica a dica” – termo que virou febre entre as hashtags na internet usado por uma freira.

Só fui na esperança de que ouviria a música-tema do filme da versão original, mas a adaptação brasileira traduziu as letras para todos os quadros cantados. Belissimamente, por sinal.

De dentro do teatro Renault (novo nome para o Teatro Abril, aqui na Brigadeiro Luis Antonio), divulguei apenas o programa do musical no instagram ((a)sitedacris, para você seguir) porque fotos e filmagens estavam proibidas e a segurança do teatro foi impecável na função. Marcou em cima de toda a imprensa e a mídia presentes.

 

No mundo, Mudança de Hábito já foi assistido por mais de 5 milhões de espectadores em 11 países, incluindo, principalmente, os Estados Unidos (na Broadway) e a Inglaterra (na West End).

A pre-estreia de Mudança de Hábito marcou o inicio das comemorações dos 30 anos da Veja SP e teve, inclusive, uma rápida abertura do 2º executivo da Abril, responsável pela publicação, antes do musical começar.

Para quem pretende ir de carro: Fui com uma amiga e vimos várias opções de estacionamento ao lado do teatro. Estacionamos sem problema. Jana, valeu pelo convite. Amei.

Ficha técnica: 

Quando: A partir de 5 de março de 2015
Sessões: Quintas e Sextas, às 21h, Sábados, às 17h e 21h, e Domingos, às 16h e 20h.
Onde: Teatro Renault – Av. Brigadeiro Luís Antônio, 411 – Bela Vista, São Paulo – SP

Mais infos em http://musicalmudancadehabito.com.br/

Melhores hostels no Rio de Janeiro | Especial Hostels - Post 2
Como fazer decoração de natal em casa - DIY natalino

Comentários

comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here