Sabe a frase ‘quem casa quer casa’? Neste caso, quem muda, quer festa.

Guia para organizar um Open House
Guia para organizar um Open House

Pode não ser a primeira mudança da vida, mas o gostinho de mudar de canto é bom demais… Novos cômodos, novas paredes, novos hábitos… Cada mudança dá uma sensação boa de recomeço, e zerar a fita de vez em quando só nos faz bem.

Com a mudança, vem a primeira festa na casa nova, o famoso open house. E é nessa hora que muita gente se enrola porque nem todo mundo tira de letra a organização dos comes e bebes.

Há quem prefira deixar a cargo dos convidados o que levar. Já os mais organizados preferem montar lista e sair distribuindo as funções, enquanto os mais abonados chegam a dispensar qualquer contribuição e bancam tudo.

Seja qual for o seu estilo e independente do seu perfil, fui conversar com quem entende do assunto para que seu evento open house não vire aquela dor-de-cabeça (que, tipicamente, vem no dia seguinte da festa) antes mesmo do primeiro tim-tim! No ar, o Guia de Festa para casa nova:

A lista de convidados do Open House

como-organizar-um-open-house

Um anfitrião bacana é sobretudo uma pessoa organizada porque, caso contrário, vai arrumar dor-de-cabeça. Isso é o que afirma a empresária Rebecca Rieggs, da Rieggs Comunicação e Eventos. “No caso de um open house, o ideal é optar por um número reduzido de convidados para que este encontro tenha um caráter mais íntimo e você possa desfrutar tranquilamente da companhia de todos! Então o número perfeito de convidados seria, no máximo, 15 pessoas”. Tá achando pouco? A Rebecca explica que a quantidade está perfeitamente OK. “Sim, jantares íntimos são as festas da vez”.

Como convidar

Hoje, a internet já resolve meia vida. Open house mais intimista não requer convite formal. “Como é um evento informal, não é fundamental a impressão de convites, já que amigos podem ser convidados por convites virtuais. Lembre-se das informações básicas: seu novo endereço e horário do evento. Se você quiser criar algum tipo de tema ou identidade visual para o open house, divirta-se no próprio convite virtual”.

Buffet

Cardápio é sempre um dos itens principais em qualquer festa e, para o open house, não seria diferente. “Um dos itens mais importantes na hora de organizar é definir como e o que será servido aos convivas. O serviço ideal é o buffet. Nesse tipo de serviço o convidado vai até uma mesa ampla para se servir. É importante permitir uma boa circulação ao redor do buffet para que que os convidados acessem os dois lados. É um serviço bastante usado pela praticidade. Como não há lugares marcados à mesa, dispense o uso de talheres e isso exclui também cardápios mais elaborados. É aconselhável servir mini sanduíches e outras opções em mini porções. Os doces também podem ser servidos em bandejas, próximo ao final da festa. Procure servi-los em bandejas decoradas, dando um toque pessoal”, recomenda.

decor-buffet-open-house

decor-buffet-open-house-we-heart-it

Decor

A decoração fica restrita ao hall, sala de estar, sala de jantar e lavabo. Você pode optar por flores – em jarros e jarrinhos – ou ousar um pouco mais, inserindo na decor elementos que identifiquem sua personalidade ou hobby.

buffet-para-open-house-2

Por exemplo, se o anfitrião é um escritor, vale inserir na decoração da mesa do buffet uma máquina de escrever de onde sai o papel com os dizeres “Bem-vindos!”.

Abuse das almofadas no sofá. E se o horário escolhido para open house for à noite, vale optar por uma luz incidental, que valorize a beleza dos seus convidados, ou seja, nem muito de cima, nem muito de baixo. Todos ficarão lindos nas fotos e selfies.

E velas! Ah, as velas! Elas são sempre adoráveis. Mas posicione-as em espaços livres, como mesa do buffet e mesas laterais, para garantir que nenhum convidado esbarre nelas e gere acidentes. Nem sempre a casa está completamente decorada quando o open house acontecer, mas capriche na mesa do buffet. “Você pode, por exemplo, identificar o cardápio que está sendo servido à mesa lançando mão de objetos criativos como uma mini lousa, escrita a giz”.

Flores, quadros e louça podem completar o ambiente e deixar seu grupo de convidados bem à vontade.

Bebidas

Com serviço ou sem? “O anfitrião que tem condição de contratar um serviço com 1 ou 2 garçons, sem dúvida, aproveita mais a própria festa. Mas, é válido lembrar que a informalidade também tem lá seu charme. Ela permite o uso de cooler com bebidas em embalagem long neck.

bebidas-open-house

Para as bebidas, vinho (caso o evento aconteça durante o inverno), champanhe e uísque, além de bebidas sem álcool, como água, refrigerantes e sucos de frutas”. É importante pensar em todos os gostos das pessoas, afinal, o grupo é pequeno.

como-organizar-um-open-house-bebidas-

Som

“Finalmente, para arrematar e garantir que seu open house seja um sucesso, uma boa trilha sonora! Ela dá literalmente o tom da festa. Opte por jazz, MPB, rock lentinho… ”

Dica final: seu ambiente deve ser ACOLHEDOR. E como saber? Pergunte a você mesmo se você se sentiria acolhido nele. Sim? Então, pronto, se entregue a delícia que é celebrar!!

Rebecca Rieggs é empresária e sócia da Rieggs Comunicação e Eventos. Contato: (21)  98089-8988 e email: rebeccarieggs@gmail.com

O nem tão inofensivo absorvente: modelo perde parte da perna esquerda e quase morre.
Escada Nutricional | Meu Diário de 7 dias com a Dieta Dukan - Conclusão

Comentários

comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here