Quem tem pouco espaço para guardar ‘a vida’ sabe muito bem o que a resolução “vou tirar o final de semana para arrumar o armário” significa.

Meu ritual de arrumação segue a mudança da estação e, aí, dou aquela organizada para deixar mais acessível à minha super altura, tudo que será mais usado nos próximos meses e jogo lá para trás o que não será usado com tanta frequência.

Neste ano, com a finalização das peças novas da minha coleção de bijou, atrasei um pouquinho meu ritual primaveril. Resultado: a coisa estava tão trash que nem tive coragem de tirar foto do “antes” para vocês verem. Hahahahahaha

Existe fórmula de ‘como arrumar armário’ para todo mundo?

Não acredito que uma só fórmula de organização resolva a vida de todo mundo, até porque considero que o mais importante na hora de arrumar armário não é a foto pra mostrar o degradé, mas a funcionalidade na hora que a gente abre as portas da esperança e precisa localizar as peças.

Quando vejo as inspirações de revistas ou do Pinterest, normalmente, tenho vontade de sair correndo. Tudo minimalista demais, irreal demais… Parece armário para foto, não parece? Meia dúzia de peças, em tons neutros… Eu? Nunca… Tiro o olho do computador, ponho o olho no meu armário e me sinto alegoria de escola de samba naquele auê da concentração, dobrando a entrada da Sapucaí.

Isso de ter tanta cor, tanta estampa, não é lá um facilitador para arrumar nada, convenhamos. Estampa sozinha já bagunça qualquer cabide. Hahahahahaha

Bom, voltando ao final de semana mega glamour por aqui: priorizei alguns prontos que acho legal dividir com vocês:

Nas pilhas, deixo as peças mais durinhas por baixo

Deixar as peças que ficam mais comportadas quando dobradas me ajuda muito na hora de montar as famosas pilhas. As minhas ficam mais altas do que gostaria, mas paciência. É o que dá para fazer.

como-organizar-prateleira-roupa-acessorio1

Se vocês repararem, não há um degradê mega obediente nas minhas pilhas e isso acontece exatamente porque nem sempre as peças mais legais de sustentar a pilha toda sem desmoronar, são as durinhas.

Peças pequenas (molinhas) ficam em gavetas

Prefiro deixar tudo que é de renda, os tops e regatinhas em gavetas. Fica mais fácil para manter a arrumação.

Esse lance dos nichos plásticos que algumas Organizers usam fica lindo pra foto, mas não acho funcional pro meu ritmo de vida. Vocês usam? Me dá a sensação de ser mais coisa para abrir, mais lugar (bolsas, na verdade) para procurar e, na correria, não rola… Se estiver equivocada, me falem.

como-arrumar-gaveta-roupas-de-renda1

Acho gaveta mais prático tanto para guardar quanto para encontrar as peças. O cuidado que tento ter (tento mas nem sempre acontece) é de deixar o respiro na parte da frente, para que eu consiga ver todas as peças.

A técnica do rolinho

Uma vez li alguma expert no assunto sugerir que regatas fossem guardadas em rolinho para otimizar espaço. Desde então, aproveitei a dica. Regatinhas de alcinha, como as de lycra, guardo em rolinhos. Uso muito como segunda pele para peças em crochet vazado ou peças com mais transparência, já que trabalho com mercado corporativo e transparência requer um pouco mais de bom senso.

antes-gaveta-desarrumada

Antes

depois-rolinho-camiseta

Depois

Tricôs e crochet

Tenho muitas peças handmade, de tricô e crochet, feitas por mim e pela minha mãe. Então, essas precisam ser guardadas dobradas para não deformar. Alias, tem post aqui falando só disso e vídeo no canal também (inscreva-se aqui), ensinando os cuidados que devemos ter com peças de tricô, crochet e malhinha. Aproveita que o inverno – tecnicamente – acabou (dizem, né?) e já deixa suas peças mais pesadas organizadas, que tal?

como-guardar-roupa-trico-crochet-malha

Cabides

Tem any formas de organizar cabides. Ainda estou na saga de substituir todos por um só estilo e tipo. Sonho com aqueles bem fininhos que ajudam espaços pequenos (são de veludo para não escorregar nada) mas cu$$$$$tam um pouco além da conta, pro momento. Vendendo mais uns mil colares a gente começa a pensar no assunto. Hahahhahaha

como-organizar-prateleira-roupa-cabide

“Enquanto isso, na sala de justiça”, vamo no que temo, certo? Pra mim, o ponto de partida é separar peças de manga longa das de manga curta ou sem manga.

A partir dessa primeira segmentação, tento deixar as cores razoavelmente organizadas. Quando chego no branco, volto ao contrário até o preto no lado oposto. Tem a turma que prefere abrir mais ainda a segmentação. Por exemplo: primeiro, todos os blazers por tipo e cor. Depois, camisas, etc. Prefiro só separar por tipo de manga e pronto.

Acessórios

Acessório é um parto para organizar, gente. Sim, sou eu a que vos fala, a empreendedora que tem uma marca de bijoux gasta mais neurônio para organizar os próprios acessórios do que muita gente por aí #soudessas.

Ainda não estou na minha fórmula do sucesso e honestamente acho que só estarei no dia que tiver um closet planejado com uma área todinha pra guardar as peças. Enquanto esse dia não chega (ôôô abundância), vou me virando na criatividade por aqui.

Já fiz post mostrando para vocês alguns nichos bem legais, mas a região onde moro pega pó para caramba e deixar colares pendurados por dias seguidos é chamar poeira na certa. Então, tudo que posso guardar, prefiro.

como-organizar-prateleira-roupa-acessorio

Esses cachepôs foram comprados na Etna mil anos atrás e adaptei para guardar maxi colares e braceletes. As peças menores deixo em caixas e faço um outro post só disso para vocês, ok? Elas ainda estão empilhadas, sem a menor dignidade para aparecer para vocês.

Esse foi o final de semana por aqui. A saga agora é fazer essa tentativa de arrumação durar o máximo possível até o veraozao.

Dividam ideias, se tiverem. Vou adorar! E, quanto aos links que falamos acima, estão aqui:

Post com ideias para guardar bijoux e acessórios (aqui) 

Post como cuidar de roupas de tricô, crochet e malhinha (aqui)

Vídeo de como cuidar, lavar e customizar peças feitas à mão (aqui)

Beijão!

Resultado do sorteio de outubro/2016
[VÍDEO] DIY: Bracelete em forma de laço, com tecido

Comentários

comments

2 COMENTÁRIOS

  1. Oi Cris! Adoro seu blog e seus posts e sabe por quê? Porque a gente se identifica – vc é simples!! 😉 Quantos aos cabides (se me permite) não precisa ser dos caros, que não escorregam e etc – se forem todos iguais dá uma diferença enoooooorme. Eu sei porque fiz isso – comprei tudo igual e nem gastei muito – comprei em loja baratinha! Eu comprei cromado, porque achava mais bonito, mas descobri que aqueles de plástico, mais gordinhos (e mais baratos) são melhores, pois suportam melhor as nossas camisas e blusas, sem marcar!! bjokas pra vc! boa semana!

    • Que comentário mais querido! Muito, muito obrigada! Vou pesquisar essa opção. Tô parecendo alegoria de escola de samba no armário: tem pra todos os gostos e estilos… hahahaha Um beijão pra vc e obrigada pela presença 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here